Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Sindicato garante o que foi aprovado em assembleia. União e mobilização dos trabalhadores marcam ganhos da campanha salarial liderada pelo Sinticom!

O trabalhador está de parabéns pela luta e conquista desta campanha salarial. Com o apoio do seu sindicato se fortaleceu para melhorar sua condição de trabalho e renda. Em relação ao ano passado, os ganhos são muito importantes, mas só foram possíveis com muita garra, união, capacidade de mobilização e inteligência do trabalhador que, na mesa de negociação, foi representado pelo sindicato.

A luta foi difícil. Em todos os momentos dessa campanha salarial tivemos muitos problemas. Pessoas de fora de nossa categoria que só querem garantir seus votos nas próximas eleições tentaram impedir nossa caminhada. Apesar disso, mantivemos nosso foco na batalha por melhores salários e garantia de emprego.

O patrão jogou pesado na mesa de negociações, tentando de todas as formas que nossos ganhos fossem reduzidos em relação à campanha do ano passado. Mas não desistimos de nossa caminhada. Ficou provado que o sindicato estava certo em sua estratégia de avançar aos poucos, mesmo sendo massacrado por pressões que vinham de todos os lados. Companheiro, a vitória foi de todos.

Estamos concluindo esta campanha salarial com ganhos importantes. Nosso índice de reajuste é de 9% para todas as faixas salariais, independente de quem ganha mais ou menos; o Vale Alimentação subiu para R$ 410,00 beneficiando os trabalhadores que ganham salário base até R$ 9 mil; pagamento do Vale Alimentação de fevereiro de 2014, que havia sido suspenso em função da greve e pagamentos do Vale Alimentação extra de R$ 410,00 e da cesta natalina de R$205,00 para quem ganha salário base até R$ 9 mil; abono integral dos dias 24/12/2014 e 31/12/2014. A inclusão de 17 novas funções na tabela dos pisos da CCT foi mais uma enorme vitória dos trabalhadores. Foi uma verdadeira batalha a questão dos descontos dos 40 dias de greve.

O patronato mais uma vez tentou dividir a categoria assinando uma ata que cobrava uma compensação por 13 dias de greve à razão de hora por hora, de abril deste ano a janeiro de 2015. Com inteligência, o sindicato aceitou inicialmente porque os patrões ameaçavam não pagar aos trabalhadores os seus direitos na mesma semana. Depois, o sindicato forçou uma nova negociação, conquistando o que havia sido aprovado na assembleia histórica de 17 de março. Os dias parados serão descontados da seguinte forma: 1/3 (8.3h) abonados pelas empresas; 1/3 (8.3h) serão compensados; 1/3 (8.3h), se não houver paralisação até 31/01/2015, serão abonados. Mais uma grande conquista: a forma dos dias de compensação. O SINTICOM propôs ao Patronal a troca de quatro sábados para compensar oito dias, o qual foi aceito pelas empresas para fechar a negociação.

Lembramos as empresas que o trabalhador demitido sem ter compensado não poderá ser descontado na sua rescisão. A medida se aplica na compensação congelada até janeiro de 2015.

27/03/2014

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO