Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Quem esperar para sacar Fundo PIS/Pasep a partir de agosto receberá mais, diz ministro


O ministro do Planejamento, Esteves Pedro Colnago Junior, recomendou nesta quinta-feira (14) que os cotistas do Fundo PIS-Pasep esperem até agosto para fazerem os saques do benefício já com a correção anual do saldo.


O ministro explicou que anualmente, no mês de julho, os saldos das contas são corrigidos com base no rendimento obtido nos últimos 12 meses pelo fundo, e que a estimativa é de um aumento entre 8% e 10%.


"Quem puder esperar, é melhor aguardar para agosto porque o saldo da conta que era R$ 1.000, por exemplo, vai passar a ser R$ 1.080, R$ 1.090. Não é um valor desprezível", afirmou Colnago em entrevista à radio CBN, lembrando que os saldos estarão à disposição já a partir do dia 18 de junho para trabalhadores com mais de 57 anos.


Temer libera saques a cotistas de todas as idades; veja calendário


Nesta quarta-feira (13), o presidente Michel Temer sancionou a lei que libera os recursos do Fundo PIS-Pasep para beneficiários de todas as idades, que trabalharam entre 1971 e 1988. Antes só podiam sacar o dinheiro os beneficiários com idade a partir de 60 anos. A medida provisória foi aprovada pelo Senado em maio e aguardava a sanção do presidente para entrar em vigor.



14/06/2018

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sindicalize-se

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO