Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Confira os cinco fatos que vão mexer com a economia esta semana


SÃO PAULO - Com o recesso no legislativo, as reformas econômicas saem um pouco de foco dos investidores e analistas econômicos, que nessa semana vão se concentrar na divulgação de indicadores econômicos relevantes e que vão servir para dar indícios sobre o ritmo da retomada da atividade brasileiro, a despeito da crise política.


Na agenda interna, um dos dados mais importantes na semana é a divulgação do IPCA-15, na quinta-feira. O índice de inflação, calculado pelo IBGE, deve confirmar a tendência de desaceleração nos preços, abrindo espaço para que o Banco Central mantenha o ritmo de corte da Selic, atualmente em 10,25% ao ano. A próxima reunião que irá definir a taxa básica está marcada para a próxima semana.


Outro dado relevante, e que sairá já no início da semana, são os dados da arrecadação, que está crescendo menos que o esperado e pode levar o governo a elevar impostos para cumprir a meta fiscal, uma medida pouco popular para ser tomada em um momento de crise política como o atual.


“Também será apresentado o relatório bimestral de avaliação das contas públicas, que deve dar mais detalhes de como o governo irá cumprir a meta fiscal deste ano”, explicou, em relatório, Roberto Padovani, economista-chefe do Banco Votorantim.


Na agenda externa, o mais importante é a repercussão, na segunda, dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) da China, que foram divulgados no domingo à noite. A China é o principal parceiro comercial do Brasil.


IPOs


Esta segunda-feira é o último dia para a reserva de ações para quem quiser participar da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do Carrefour Brasil. O valor da ação e o volume da operação será divulgado no dia seguinte. Hoje também é a data limite para a reserva do IPO da Biotoscana.


China


Os mercados globais vão repercutir os dados do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre da China e também da produção industrial do país, que é o principal parceiro comercial do Brasil. Ambos os dados foram divulgados ontem à noite.


Arrecadação


A Receita Federal divulga a arrecadação de impostos do mês de junho e o acumulado no ano. Se os números continuarem fracos, o governo talvez tenha que elevar tributos para cumprir a meta de déficit primário (quando os gastos superam as receitas) de R$ 139 bilhões.


Inflação


O IBGE divulga nesta quinta-feira o IPCA-15 do mês. A contturais.


— A demanda pela oferta vai depender da qualidade do ativo. Os investidores estão mais seletivos devido às incertezas atuais, então um ajuste de preço é natural — explica Sampaio, lembrando que Intermédica e Tivit optaram por não ajustar e suspenderam os IPOs.


Tanto a Ômega quanto o IRB têm como prazo final para a reserva das ações o dia 27. Uma quarta oferta está na rua, a da Biotoscana, do setor farmacêutico, que quer levantar entre R$ 992 milhões e R$ 1,1 bilhão. O último dia de reserva também é hoje, e a precificação, ou seja, o valor por ação, amanhã, a exemplo do Carrefour.


— Os investidores ficam conservadores com a incerteza política, mas, por outro lado, é uma oportunidades de comprar um ativo a um preço interessante, por isso as empresas tentam liquidar a operação antes (da retomada da economia) — avalia Camila Goldberg, sócia da área de mercado de capitais do escritório BMA - Barbosa, Müssnich, Aragão.


Em 2017 já foram realizados três IPOs: Azul, Movida e Hermes Pardini. Além disso, foram feitas cinco ofertas de ações por empresas que já eram negociadas na Bolsa. A expectativa da B3 é que, este ano, ocorram em torno de 20 operações desses dois tipos, o que seria o maior número de emissões de renda variável desde 2011.


Fonte: Extra



17/07/2017

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO