Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Mais de US$ 4 bilhões entraram no Brasil no começo de 2017, diz BC


A entrada de dólares no Brasil superou a retirada de recursos em US$ 4,08 bilhões nas duas primeiras semanas de janeiro, informou o Banco Central nesta quarta-feira (18). O movimento foi contabilizado até a última sexta-feira (13).


Em todo ano passado, houve a retirada de US$ 4,25 bilhões da economia brasileira.


O ingresso de dólares na parcial de janeiro favoreceria, em tese, a queda do dólar em relação ao real. Isso porque, com mais moeda estrangeira no mercado, seu preço tende a cair. No começo deste mês, de fato, o dólar vem registrando queda.


No fim do ano passado, o dólar estava cotado a R$ 3,249 e, nesta quarta-feira (18), por volta das 12h40, estava sendo negociado a R$ 3,22. Veja a cotação.


Segundo analistas, além do fluxo de dólares, outros fatores influenciam a cotação da moeda norte-americana, como o cenário externo (com a alta dos juros nos Estados Unidos, que tende a atrair capital para aquela economia) e o cenário político no Brasil (com o andamento das reformas no Congresso Nacional).


Interferência do BC


Outro fator que influencia a cotação do dólar são as operações de swap cambial, que funcionam como uma venda futura de dólares, ou de "swaps reversos", que funcionam como uma compra de dólares no mercado futuro.


Nestas operações, o BC faz oferta de dólares para tentar controlar a cotação da moeda e impedir grandes oscilações. Além disso, essas operações servem para oferecer garantia (hedge) a empresas contra a valorização do moeda.


Recentemente, a autoridade monetária informou que, "avaliando as atuais condições de mercado", decidiu iniciar nesta semana a rolagem [emissão de novos contratos para substituir os vencimentos] dos swaps cambiais tradicionais que vencem no próximo dia 1º de fevereiro.


Fonte: G1



18/01/2017

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO