Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Dólar fecha em alta primeira sessão de 2017


O dólar fechou em alta na primeira sessão de 2017, acima de R$ 3,28, depois de acumulado queda de 17,7% no ano passado, numa segunda-feira marcada por baixo volume de negócios com os mercados fechados nos Estados Unidos.


A moeda norte-americana encerrou a segunda-feira com avanço de 0,99%, vendida a R$ 3,2818. Veja cotação


Acompanhe a cotação ao longo do dia:


Às 9h09, alta de 0,43%, a R$ 3,2639


Às 10h19, alta de 0,74%, a R$ 3,2738


Às 11h20, alta de 0,6%, a R$ 3,2694


Às 12h19, alta de 0,83%, a R$ 3,2767


Às 13h19, alta de 0,69%, a R$ 3,2723


Às 14h59, alta de 0,89%, a R$ 3,2787


Às 16h09, alta de 1,08%, a R$ 3,285


No exterior, o dólar se recuperava ante uma cesta das principais moedas depois de atingir a mínima de duas semanas.


"O baixo volume reforçou a alta do dólar e, nesse caso, não há espaço no mercado brasileiro para uma queda", afirmou à Reuters o operador da Spinelli Corretora José Carlos Amado.


Sem o funcionamento da bolsas dos EUA, o mercado brasileiro "fica às cegas e qualquer fluxo pode trazer um impacto maior", disse à Reuters o operador da corretora H.Commcor DTVM Cleber Alessie Machado.


Ele avalia que os ativos brasileiros tiveram um "respiro" no fim de 2016 com o recesso parlamentar e sem novidades, pelo menos por ora, da operação Lava Jato, o que ajudou a diminuir a tensão política em Brasília.


Nesta semana, os mercados voltam as atenções para a divulgação, na quarta-feira, da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve, em que o banco central norte-americano elevou a taxa de juros em 0,25 ponto percentual e sinalizou ritmo mais rápido de altas em 2017.


O Banco Central brasileiro não anunciou nenhuma intervenção no mercado de câmbio por enquanto, estando fora desde 13 de dezembro.


Fechamento de 2016 e perspectivas


O dólar fechou 2016 em queda de 17,69%, na primeira desvalorização da moeda dos Estados Unidos em relação ao real desde 2010. Foi a maior queda anual desde 2009. O dólar terminou o último dia de negócios de 2016, no dia 30, cotado a R$ 3,2497.


Os economistas projetam que o dólar se equilibre entre R$ 3,50 e R$ 3,70 no ano de 2017. No relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, a projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fechamento de 2017 caiu de R$ 3,50 para R$ 3,48.


Fonte: G1



02/01/2017

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO