Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

Bancários decidem pelo fim da greve em 24 estados e no DF; veja a lista


Após 21 dias de paralisação, bancários de 24 estados e do Distrito Federal decidiram, na noite desta segunda-feira (26), encerrar a greve da categoria, iniciada no dia 6 de outubro. Em todos os bancos privados, as agências voltam a funcionar nesta terça-feira (27). Em alguns estados, os funcionários dos bancos públicos decidiram manter a greve. (Veja abaixo a situação em cada estado).


A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs reajuste de 10%, em resposta à reivindicação de 16% da categoria. Os sindicatos nos estados de Mato Grosso e Roraima rejeitaram a proposta e decidiram manter a greve em todos os bancos.


Veja onde a greve chegou ao fim, total ou parcialmente:


– ACRE


Funcionários de bancos privados e do Banco do Brasil decidiram encerrar a greve. Na Caixa Econômica Federal e no Banco da Amazônia, entretanto, a paralisação continua.


– ALAGOAS


A greve termina nos bancos privados e na Caixa Econômica Federal. No Banco do Brasil e Banco do Nordeste do Brasil (BNB), a paralisação continua.


– AMAPÁ


Os bancários aceitaram a proposta, e todas as agências retomam o trabalho nesta terça (27).


– AMAZONAS


Funcionários do Banco do Brasil e de bancos privados decidiram encerrar a paralisação. Apenas os bancários da Caixa Econômica Federal e do Banco da Amazônia (Basa) seguem em greve.


– BAHIA


Trabalhadores de bancos públicos e privados na Bahia decidiram encerrar a greve. Apenas funcionários do Banco do Nordeste decidiram continuar a paralisação.


– CEARÁ


Os funcionários dos bancos privados decidiram encerrar a greve. A paralisação continua no Banco do Brasil, Banco do Nordeste (BNB) e Caixa Econômica Federal.


– DISTRITO FEDERAL


Bancários decidiram terminar a greve da categoria nos bancos privados e no Banco do Brasil. Os funcionários do Banco de Brasília (BRB) seguem em greve, e os da Caixa farão uma nova assembleia nesta terça-feira.


– ESPÍRITO SANTO


Bancários decidiram encerrar a greve.


– GOIÁS


Funcionários dos bancos privados e do Banco do Brasil encerraram a greve. Bancários da Caixa Econômica Federal seguem com a paralisação.


– MARANHÃO


Sindicato decidiu pelo fim da greve. Apenas as agências do Banco do Nordeste e Banco da Amazônia continuarão fechadas.


– MATO GROSSO DO SUL


Os bancários do estado decidiram encerrar a greve.


– MINAS GERAIS


Os trabalhadores de Belo Horizonte e região decidiram encerrar a greve da categoria, assim como os bancários de Uberlândia e de Uberaba.


– PARÁ


Bancários das instituições privadas e do Banco do Estado do Pará (Banpará) encerraram a greve. A paralisação continua no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.


– PARAÍBA


Bancários de todo o estado decidiram encerrar a greve, exceto BNB.


– PARANÁ


Os bancários de Curitiba e Região Metropolitana decidiram encerrar a greve.


– PIAUÍ


Os bancários do Piauí decidiram encerrar a greve. A informação foi confirmada pela diretoria de recursos humanos do Sindicato dos Bancários do Piauí.


– PERNAMBUCO


Os funcionários dos bancos privados decidiram encerrar a greve. No Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Caixa Econômica Federal, os bancários decidiram seguir com a paralisação.


– RIO DE JANEIRO


A categoria aceitou voltar ao trabalho. Funcionários de entidades privadas e públicas – da capital e do interior – se dividiram em votações diferentes, mas o resultado foi o mesmo em todas as assembleias.


– RIO GRANDE DO NORTE


A greve será mantida nos bancos públicos: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco do Nordeste. Os bancos privados voltam a funcionar nesta terça-feira (27).


– RIO GRANDE DO SUL


Os funcionários dos bancos privados decidiram pelo fim da greve. Em relação aos bancos estatais, ainda não foi divulgada a decisão da categoria.


Em Santa Maria, a greve também acabou. Em Rio Grande, no Sul do estado, apenas funcionários do Banco do Brasil seguem em greve. Nas regiões de São Sebastião do Caí, Santa Cruz do Sul e Ijuí, novas assembleias serão realizadas a partir das 8h de terça-feira (27) para definir a situação.


– RONDÔNIA


Os funcionários do Banco do Brasil e bancos particulares decidiram pelo fim da greve. Os bancários da Caixa Econômica Federal optaram por continuar parados.


– SANTA CATARINA


Bancários de bancos privados, da Caixa e do Banco do Brasil na Grande Florianópolis e todos da região de Criciúma, no Sul do estado, decidiram encerrar a greve. Outras regiões ainda fazem assembleias.


– SÃO PAULO


O sindicato do estado de São Paulo decidiu pelo fim da greve. Os bancários de Limeira também voltam ao trabalho. Segundo o sindicato da categoria, que engloba também a cidade de Iracemápolis (SP), as 34 agências públicas e privadas dos dois municípios já foram abertas nesta segunda-feira (26).


Os bancários de Sorocaba e região aprovaram o fim da greve. As agências bancárias públicas e privadas do Alto Tietê também retornam o atendimento nesta terça. Em Piracicaba, São José do Rio Preto, Araçatuba e região , São Carlos, Araraquara e Rio Claro e região e em Campinas, a decisão também foi pelo fim da greve.


– SERGIPE


Os bancários do estado encerraram a greve.


– TOCANTINS


Bancários decidiram retomar o trabalho nesta terça.


Reajuste salarial de 10%


A última proposta apresentada pela Fenaban foi de reuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.


Fonte: g1



27/10/2015

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sindicalize-se

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO