Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

74% dos brasileiros pagarão dívidas com 13º salário, diz Anefac


O pagamento de dívidas será o destino do 13º salário de 74% dos assalariados em 2015, segundo uma pesquisa divulgada pela Anefac nesta segunda-feira (26). Em relação ao ano passado, houve um aumento de 8,8% no percentual de trabalhadores com esse objetivo.


Entre os que vão pagar as dívidas, 83% dos consumidores têm obrigações contraídas no cheque especial e no cartão de crédito e pretendem utilizar os recursos do 13º salário para estar regularizando as mesmas. Houve uma redução de 20% na quantidade de consumidores que possuíam dívidas com prestações do comércio em atraso, diz a Anefac.


O cartão de crédito é a linha de crédito com maior peso na composição das dívidas em aberto dos consumidores tendo atingido em 2015, 44% do total (crescimento de 2,33% sobre 2014) contra 39% do cheque especial (elevação de 2,63% sobre 2014), segundo a entidade.


Menos presentes


Em contrapartida, caiu em 27%, entre 2014 e 2015, o percentual de brasileiros dispostos a utilizar o salário extra para comprar presentes de fim de ano. Segundo a entidade, isso demonstra maiores dificuldades e preocupações dos consumidores com os gastos neste ano.


Ainda de acordo com a Anefac, houve igualmente (27%) uma redução no percentual de consumidores que pretendem poupar parte do que sobrará de seu 13º salário para as despesas de começo do ano.


Gastos menores no Natal


Segundo a Anefac, houve um aumento no número de consumidores que pretendem gastar valores menores neste Natal e redução nos que pretendem gastar os maiores valores.


Em 2015, 90% dos consumidores pretendem gastar até R$ 500, contra 87%


em 2014.


Em 2015, 10% dos consumidores pretendem gastar no Natal mais de R$ 500, contra


13% e, 2014. As maiores elevações com crescimento de 14,29% de 2014 para 2015 se deu entre os consumidores que pretendem gastar até R$ 100, seguindo-se daqueles que pretendem gastar entre R$ 100 e R$ 200 com um crescimento de 6,67%.


Fonte: g1



27/10/2015

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sindicalize-se

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO