Início | Notícias | História | Benefícios | jurídico | Informe Geral | Fotos | Vídeos | Guia Sindical | Guia Assistencial | Publicações

Notícia

74% dos brasileiros pagarão dívidas com 13º salário, diz Anefac


O pagamento de dívidas será o destino do 13º salário de 74% dos assalariados em 2015, segundo uma pesquisa divulgada pela Anefac nesta segunda-feira (26). Em relação ao ano passado, houve um aumento de 8,8% no percentual de trabalhadores com esse objetivo.


Entre os que vão pagar as dívidas, 83% dos consumidores têm obrigações contraídas no cheque especial e no cartão de crédito e pretendem utilizar os recursos do 13º salário para estar regularizando as mesmas. Houve uma redução de 20% na quantidade de consumidores que possuíam dívidas com prestações do comércio em atraso, diz a Anefac.


O cartão de crédito é a linha de crédito com maior peso na composição das dívidas em aberto dos consumidores tendo atingido em 2015, 44% do total (crescimento de 2,33% sobre 2014) contra 39% do cheque especial (elevação de 2,63% sobre 2014), segundo a entidade.


Menos presentes


Em contrapartida, caiu em 27%, entre 2014 e 2015, o percentual de brasileiros dispostos a utilizar o salário extra para comprar presentes de fim de ano. Segundo a entidade, isso demonstra maiores dificuldades e preocupações dos consumidores com os gastos neste ano.


Ainda de acordo com a Anefac, houve igualmente (27%) uma redução no percentual de consumidores que pretendem poupar parte do que sobrará de seu 13º salário para as despesas de começo do ano.


Gastos menores no Natal


Segundo a Anefac, houve um aumento no número de consumidores que pretendem gastar valores menores neste Natal e redução nos que pretendem gastar os maiores valores.


Em 2015, 90% dos consumidores pretendem gastar até R$ 500, contra 87%


em 2014.


Em 2015, 10% dos consumidores pretendem gastar no Natal mais de R$ 500, contra


13% e, 2014. As maiores elevações com crescimento de 14,29% de 2014 para 2015 se deu entre os consumidores que pretendem gastar até R$ 100, seguindo-se daqueles que pretendem gastar entre R$ 100 e R$ 200 com um crescimento de 6,67%.


Fonte: g1



27/10/2015

TV Sinticom SG

Contibuição Sindical

Clique para emitir sua contribuição


Contribuição Assist.

Clique para emitir sua contribuição


Convênios

Cartilhas Sinticom

Sedes do sindicato

Sede São Gonçalo (Matriz)
Av. Presidente Kennedy, 217 - Centro
(21) 2712-5020 / 3857-9401
Sede Itaboraí (Subsede)
Av. Dr. Macedo, 04 - Centro
(21) 2639-0484
Sede Cabo Frio (Subsede)
Av. Julia Kubitschek, 39 Sobreloja 07 - Parque Riviera
(22) 2647-5635


SINTICOM - SINDICATO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL E PESADA, MONTAGEM E MANUTENÇÃO INDÚSTRIAL, OLARIA, CERÂMICA, MOBILIÁRIO, MÁRMORE E GRANITO DE SÃO GONÇALO, ITABORAÍ E REGIÃO